quinta-feira, 13 de setembro de 2012

PRAGAS E DOENÇAS

Como combater traças e moscas minadoras

06-Jul-2007
Para combater as traças das crucíferas e as moscas minadoras das folhas, basta borrifar chá de macela na própria planta. Ferva a água e, após a temperatura diminuir um pouco (para que a planta não perca suas propriedades), adicione a inflorescência. Este procedimento funciona em 100% dos casos, geralmente na primeira aplicação. A macela não irá interferir no sabor das plantas, pois estas não metabolizam o chá. Outra dica é, por prevenção, borrifar o chá uma vez por mês.
Obs: os testes foram realizados com alface e rúcula.
Quais as doenças mais comuns na hidroponia

05-Jun-2007
Em locais quentes e úmidos, é comum a ocorrência de septoriose. Nebulizar ou emergir água só pode piorar. Ventilação será importante. Quanto mais seco o ambiente, melhor. Em locais quentes e secos, é comum a ocorrência de fungo do seco, como o oídio. Nesse casso, nebulização é bom para evitá-lo. Em locais frios, é comum a ocorrência do fungo míldio. Em todos os casos, a melhor maneira de evitar doenças é com a prevenção, ou seja, limpeza. A novidade hoje em dia para a limpeza dos canaletes é o Tecsa Clor.
Como deve ser a água utilizada

31-May-2007
Você deve conhecer muito bem a água que utiliza. Variações no tipo de água utilizada podem não trazer bons resultados. Por isso procure utilizar sempre a água da mesma fonte. Quanto menos sais houver, mais fácil será de ajustar a solução hidropônica. A água da primeira chuva normalmente é ácida, e pode matar as raízes. Para saber como está a água que você usa envie uma amostra de 250ml para a Unithal, de Campinas-SP. A análise padrão (macro e micro nutrientes, exceto N) custa cerca de R$ 20,00.
Qual a concentração de nutrientes e a quantidade de solução em cada fase

29-May-2007
Na maternidade, a solução terá 50% de força, ou seja, metade solução e metade água. Em locais frios, deve-se irrigar a plantação 3 vezes ao dia, enquanto em locais quentes deve-se irrigá-la 8 vezes ao dia (3 a 5 minutos cada), com vazão de 0,5L/min. No berçário, a solução terá 75% de força e a plantação deve ser irrigada a cada 15 minutos com uma vazão de 0,75L/min. Na mesa final, a solução deve estar com 100% de força, e a vazão deve ser de 1,0 ou 1,5L/min, também a cada 15 minutos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário